Não é spam?

Por algum motivo estranho, eu gosto de ficar olhando os emails que o GMail marca como Spam. Hoje recebi um daquelas propostas milagrosas de ganhar dinheiro sem sair de casa. A parte interessante foi o final:

Mensagem Importante: Nossa mensagem NÃO é SPAM, veja o porquê: O e-mail é uma forma de correspondência igual a uma ligação telefônica ou a uma carta. No Brasil e no resto do mundo, da mesma forma que não é necessário autorização para se mandar cartas ou telefonar para alguém, também é desnecessária autorização prévia para o envio de e-mails. De qualquer forma, não há nada na legislação brasileira que refira-se à prática do SPAM, ou que a regulamente e certamente quando existir apenas tornará obrigatório ao remetente oferecer uma forma de exclusão uma vez que a proibição seria inconstitucional. Se você quiser sair do nosso grupo de mensagem, dê um reply com o tópico REMOVER. Portanto, se você nao quer fazer parte deste grupo de mensagem, bastar retornar este e-mail com o assunto : RETIRAR, que estaremos automaticamente excluindo seu e-mail desta lista.;

Veja só que interessante: só porque tu pode receber ligação de qualquer um, então esse email, que também poderia vir de qualquer um, não é spam! Incrível como a lógica dessas pessoas não consegue ver que Spam vai muito além de email: Receber uma ligação de uma empresa vendendo um produto que não te interessa e com informações que tu nunca pediu É spam; receber toneladas de papel pelo correio (ou aquelas malditas propagandas do banco junto com o extrato) É spam; Heck, até “Santinhos” na época de eleições É spam!. Só porque o meio é eletrônico, não quer dizer que não é spam.

A única questão importante aqui seria porquê brigamos tanto pra não ter spam na nossa caixa de correio virtual e não na nossa caixa postal normal ou no nosso celular ou na rua da cidade. A resposta é simples: custa dinheiro pra encher a rua de santinhos; custa dinheiro fazer uma carta de 10 gramas pesar 150 com o excesso de papel; custa dinheiro fazer uma ligação telefônica. Entretanto, mandar um email de um provedor gratuíto, custa quase nada para quem tá mandando, mas custa pra quem mantêm a internet funcionando.

Ainda torço pelo dia que as pessoas vão ter que ter permissão pra tocar num computador…

One thought on “Não é spam?

  1. > No Brasil e no resto do mundo,

    Parei de ler aqui. Maldita inclusao digital.

Comments are closed.